Skip to main content

Resistência Popular: Carta de repúdio e solidariedade

Audio Preview

audio
Resistência Popular: Carta de repúdio e solidariedade




Na Argentina desde 28 de dezembro de 2012 militantes da Cooperativa 1º de Maio, sendo elxs 3 mulheres (Catalina Lineros, Haide Grande e Gisele Poblete - atualmente com prisão domiciliar), e 2 homens (José Paredes e Miguel Mansilla), encontram-se presxs em Bariloche, acusadxs injustamente de ter participado de um saque a supermercado.

Na realidade o encarceramento é parte das ações do Governo Cristina Fernández Kirchner, juntamente com o governo Provincial de Rio Negro de Weretilneck e o governo Municipal de Martini, no sentido de criminalizar os movimentos sociais organizados no país, acusando-os de terroristas. Como resposta a esta política de perseguição às lutas sociais, manifestantes ocuparam o Centro Cívico de Bariloche, quando também exigiam a libertação dxs campesinxs presxs e reivindicavam políticas públicas. O Governo Kirchner reforçando sua política autoritária, realizou mais prisões no total de 10 pessoas, entre elas a de dois adolescentes, que ficaram presxs durante horas, sendo um de 11 anos e uma adolescente de 16 anos, ainda amamentando seu filho de seis meses, já liberados a partir da pressão empreendida pelo movimento popular.

A escalada da violência contra xs trabalhadorxs campesinxs continua. O Juiz de Instrución Ricardo Calcagno, utilizando-se da Lei Anti-terroristmo existente no estado argentino, está levando adiante esta absurda manobra política mediante a imposição de falsas acusações, inclusive os companheiros José Paredes e Miguel Mansilla presos em condições desumanas no presídio de Viedma, prática que se configura como herança da Ditadura MIlitar. Mais uma vez o estado de direito mostra suas garras contra o povo pobre e oprimido. Até quando a fome e a miséria terão as prisões como suas soluções? Então que se derrubem os muros da prisões!!!

Exigimos a liberação de todxs xs companheirxs detidxs e que suas reivindicações por políticas públicas e justiça social sejam prontamente atendidas!


comment
Reviews

There are no reviews yet. Be the first one to write a review.
SIMILAR ITEMS (based on metadata)
eye
Title
Date Archived
Creator
Community Audio
by El culebron timbal
audio
eye 23
favorite 0
comment 0
Community Audio
audio
eye 22
favorite 0
comment 0
Community Audio
by traspasa los muros
audio
eye 10
favorite 0
comment 0
Community Audio
by yo
audio
eye 8
favorite 0
comment 0
Community Audio
audio
eye 24
favorite 0
comment 0
Community Audio
audio
eye 44
favorite 0
comment 0
Community Audio
by marcos perez linares
audio
eye 39
favorite 0
comment 0
Community Audio
by José Miguel Colmenero
audio
eye 35
favorite 0
comment 0
Community Audio
by Los Bukis
audio
eye 8,267
favorite 0
comment 0
Community Audio
audio
eye 6
favorite 0
comment 0